Calçado Português| We are the FOOTure

O calçado português conhecido como a “Indústria mais sexy da Europa”, durante 10 anos, acumulou um crescimento de 50% nas vendas ao exterior, expandindo o seu mercado para mais de 160 Países, movimentando mais de 1,9 mil milhões de Euros.
Porém em 2018 e 2019, foram anos de quebra (3% e 5% respectivamente) nas exportações, somando a isso algumas dificuldades económicas e insolvências de algumas empresas do setor. Assim sendo, foi necessário mudar as estratégias, para tentar recuperar o crescimento e tornar “a indústria portuguesa de calçado líder no desenvolvimento de soluções sustentáveis”.
A preocupação com o meio ambiente, fez com que fossem procuradas soluções mais inovadoras, novos materiais, tecnologias limpas e uma produção cada vez mais sustentada.

“We are the FOOTure” é o resultado disso.

“Os tempos mudam, as vontades mudam, as pessoas mudam, a confiança muda; tudo é composto de mudanças, assumindo sempre novas qualidades.
(…)
Nós somos aqueles que atravessaram os desertos, as florestas e os mares. Somos os que pensam… descobrem e reconfiguram a noção de mundo. Somos corajosos, somos inteiros e únicos, juntos abraçamos o mar e, com ele, navegamos todas as aventuras. Nós somos os primeiros que pensamos que toda mudança é o futuro e todo o futuro é mudança.
Nós somos o que queremos ser e queremos mais e melhor a cada segundo, porque somos feitos de história e de um imenso desejo.
Porque somente desta maneira somos futuros “.

Texto: Sérgio Pereira | Foto e vídeo: APICCAPS

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: